II Workshop de Atração de Investimentos capacita diplomatas chefes de SECOMs de 19 postos brasileiros no exterior

II Workshop de Atração de Investimentos capacita diplomatas chefes de SECOMs de 19 postos brasileiros no exterior

Compartilhar
Copiar link

Compartilhar

Compartilhar esse link com
Copiar link
Link copiado!

Durante duas semanas, diplomatas encarregados dos Setores de Promoção Comercial e Investimentos (SECOM) participaram da capacitação organizada pela ApexBrasil, MRE, BNDES e B3. O formato interativo estimulou as trocas entre especialistas e quem atua na ponta.

No segundo semestre de 2022, o Brasil foi o terceiro principal destinatário de investimento estrangeiro direto no mundo, atrás apenas de China e Estados Unidos. Essa posição é resultado tanto da confiança na economia brasileira como de ações interinstitucionais para atrair investidores ao país. O “II Workshop de Atração de Investimentos”, realizado entre 21 de novembro e 2 de dezembro, visou robustecer esses esforços, aproximando os principais agentes do sistema.

A segunda edição do evento é uma parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil), o Ministério das Relações Exteriores (MRE), o Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) e a Brasil, Bolsa, Balcão (B3). Com uma programação intensa de palestras, painéis temáticos e visitas técnicas, o objetivo do worshop foi capacitar os diplomatas sobre os diferentes aspectos e etapas do processo de atração de investimentos ao Brasil. 

A iniciativa, inaugurada em 2021, contribui para estimular o intercâmbio de ideias entre aqueles que atuam no dia a dia da atração de investimentos no exterior e os atores públicos e privados especializados no tema. Ao todo, participaram da capacitação 19 diplomatas chefes de SECOM de 17 países na América Latina, América do Norte, Europa, Ásia, Oriente Médio e Oceania. O evento durou duas semanas e contou com a presença de ministros, secretários, presidentes de instituições governamentais e altos executivos. Da ApexBrasil, participaram o Presidente Augusto Pestana, e o Diretor de Negócios, Lucas Fiúza.

A Coordenadora de Expansão Internacional da ApexBrasil, Karina Bazuchi, também integrou a programação do workshop, no dia 1 de dezembro, no BNDES Garagem, programa do banco para apoiar empresas e startups.  Ela falou sobre a atuação conjunta da Agência com os SECOMs para apoiar a expansão internacional das empresas brasileiras inovadoras, apresentando projetos em parceria, como o Web Summit Lisboa e o TechDay NY.  "Os Secoms e SECTECs têm um papel importante na geração de inteligência de mercado, com seu conhecimento local para o planejamento dos projetos e ao criar conexões que vão abrir portas para que as empresas desenvolvam pilotos, testem o mercado e validem suas soluções para escalar", destaca.

Na agenda, destacaram-se, aindam, temas como: marco legal e ambiente de negócios no Brasil, articulação em foros multilaterais e regionais, Programa de Parcerias de Investimentos (PPI), e a pauta ambiental, social e governamental (ASG). Além da ApexBrasil, do MRE, do BNDES e da B3, também integraram a programação diversos ministérios diretamente envolvidos na atração de investimentos, como Economia, Infraestrutura, Minas e Energia, Abastecimento, Desenvolvimento Regional, e Ciência Tecnologia e Inovações.

Ao longo das atividades, foram realizadas seções de perguntas e respostas, de modo que os diplomatas puderam compartilhar suas experiências nos respectivos postos. Para o Analista de Investimentos da ApexBrasil Marcos Vale, o diferencial da ação foi o grau de profundidade dos debates graças à forte interação entre os participantes. “Nós conseguimos abarcar quase tudo que interessa para atração de investimentos no Brasil, de forma mais interativa e menos protocolar”, destaca.

O workshop dividiu-se em três grandes segmentos: em Brasília, com foco governamental; em São Paulo, com foco privado; e no Rio de Janeiro, com foco em estruturação de projetos de investimento. Além da agenda de apresentações, a delegação de diplomatas realizou diversas visitas técnicas para conhecer referência da área de investimentos. Em São Paulo, por exemplo, estiveram no hub de empreendedorismo Cubo Itaú e, no Rio de Janeiro, conheceram a favela em que foi realizada a primeira concessão de esgotamento sanitário de grande porte no Brasil. 

Tema: Atração de Investimentos Estrangeiros
Mercado: América do Sul — América do Norte — Ásia (Exclusive Oriente Médio) — Europa — Oriente Médio — Oceania
Setor de Exportação: Não se aplica
Setor de Investimento: Venture Capital e Private Equity — Petróleo e Gás — Energias renováveis — Real State — Infraestrutura — Outros
Setor de serviços:

Exclusivo para usuários logados

Para acessar este conteúdo é necessário informar o tipo de Audiência

CNPJ inválido
Nome da empresa inválido
Erro: