Brazil Machinery Solutions leva 9 empresas brasileiras para Colombiatex

Brazil Machinery Solutions leva 9 empresas brasileiras para Colombiatex

Compartilhar
Copiar link

Compartilhar

Compartilhar esse link com
Copiar link
Link copiado!

Representada pelas fabricantes Albrecht, Audaces, Castilho, Comelato, Delta, Inarmeg, Laudatec, Porta Cabos e Socio Tec, a indústria têxtil brasileira estará na Colombiatex de las Américas. O evento, que acontece em Medellín, Colômbia, entre 24 e 26 de janeiro, é o principal centro de negócios deste setor e inicia a agenda de feiras no continente latino-americano. Esta edição contará com mais de 500 expositores e 12 mil compradores.

A presença das nove empresas é promovida pelo Programa Brazil Machinery Solutions (BMS), parceria entre ApexBrasil (Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos) e ABIMAQ (Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos).

Parceria Brasil e Colômbia

A Colômbia é o 5º principal destino das exportações de máquinas e equipamentos têxteis brasileiros. Em 2022, as importações colombianas movimentaram cerca de 2,7 milhões de dólares para o Brasil, crescimento de 173% nos últimos cinco anos. Ainda em 2022, o país comprador representou 4% do mercado brasileiro de exportação, que totalizou mais de 66 milhões de dólares no setor.

Desde 1980, a feira apresenta as novidades relacionadas aos produtos têxteis, artigos em couro, indústria de confecções e calçados, bem como designers de moda, com fórum de tendências e a promoção do mercado gráfico para estamparias. Além disso, a Colombiatex realiza o pavilhão do conhecimento, onde os expositores acompanham conferências com especialistas de diversos países e podem debater sobre os desafios da indústria da moda.

Empresas brasileiras na Colombiatex

No dia 25, acontecerá o Denim Day, uma homenagem a um dos tecidos mais relevantes e representativos nos últimos anos. Conscientes da importância do tema, as empresas brasileiras participantes desenvolveram soluções que garantem a qualidade da entrega e gestão do processo do denim, com ampla integração de dados e informações em tempo real, além de lavadoras de amostras, que entregam uma economia substancial de água e energia.

Sustentabilidade, inclusive, é outra pauta relevante promovida pelo evento. O objetivo desta edição é reinterpretar processos e reafirmar o compromisso com a redução dos impactos ambientais, com foco na consciência circular. Este é um conceito que associa desenvolvimento econômico a um melhor uso de recursos naturais, por meio de novos modelos de negócios e da otimização nos processos de fabricação com menor dependência de matéria-prima virgem, priorizando insumos mais duráveis, recicláveis e renováveis.

Tendo em vista a pauta sustentável, a indústria brasileira apresentará recuperadores de calor ar-ar, que – como o próprio nome já diz – fazem uma recuperação do calor retirado da atmosfera para aquecer fluidos usados no momento da produção. Os equipamentos reduzem o consumo de combustível em 20-30%, diminuem as emissões de CO2, aumentam a velocidade de trabalho e reduzem a produção de fumaça em 30%. Já os recuperadores de calor ar-água, por sua vez, geram água quente a partir de gases residuais e reduzem a fumaça em 50%.

Ainda no contexto de redução dos impactos ambientais, revisoras, relaxadoras e linhas contínuas de preparação e alvejamento de têxteis serão alguns dos equipamentos-chave, como a linha contínua de lavação, que é uma das soluções com o menor consumo de água por quilo de malha.

A automação é fator essencial, pois consegue suprir a falta de mão de obra especializada na indústria. Neste sentido, as empresas brasileiras trarão inovações: será apresentada uma máquina de costurar bolsos com alimentação automática, capaz de produzir duas mil unidades em oito horas, com apenas um operador e uma máquina de costura transversal automática 2x1, com troca imediata de espulas, para quem produz toalhas para o mercado comum e quer produzir para o setor hoteleiro.

O Metaverso também fará parte das tendências apresentadas pelo Brasil na Colombiatex, que levará uma experiência de imersão no universo virtual, a partir de um software 3D criado para estilistas ou designers de moda, além de plotters para risco de corte digitalizador de moldes de papel e demais programas de modelagem digital. Outra grande novidade será a passarela digital em 3D, de peças que os estilistas e modelistas poderão criar diretamente no computador, com o objetivo de levar tecnologia para digitalizar ainda mais os processos de confecção no mercado colombiano, desde os departamentos de criação até a produção.

 

Sobre o Brazil Machinery Solutions - Fruto da parceria entre a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) e a Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ), o Programa Brazil Machinery Solutions visa a promoção das exportações brasileiras de máquinas e equipamentos, assim como fortalecer a imagem do Brasil como fabricante de bens de capital mecânico com tecnologia e competitividade. O Programa BMS possui atualmente mais de 200 membros, entre indústrias de diversos setores, como o agrícola, têxtil, de mineração, plástico, embalagens, entre outros. Até outubro de 2021, as empresas associadas ao Programa BMS registraram exportações para 160 países. Mais informações: www.brazilmachinery.com

Sobre a ABIMAQ - A Associação Brasileira da Indústria de Máquinas e Equipamentos (ABIMAQ) foi fundada em 1937, com o objetivo de atuar em favor do fortalecimento da indústria nacional, mobilizando o setor, realizando ações junto às instâncias políticas e econômicas, estimulando o comércio e a cooperação internacionais e contribuindo para aprimorar seu desempenho em termos de tecnologia, capacitação de recursos humanos e modernização gerencial. Mais informações: www.abimaq.org.br

Sobre a ApexBrasil - A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (ApexBrasil) tem a missão de desenvolver a competitividade das empresas brasileiras, promovendo a internacionalização dos seus negócios e a atração de investimentos estrangeiros diretos. Em parceria com entidades setoriais, a Agência organiza ações de promoção comercial, como missões prospectivas e comerciais, rodadas de negócios, apoio à participação de empresas brasileiras em feiras internacionais e visitas de compradores estrangeiros para conhecer a estrutura produtiva brasileira. Também coordena os esforços de atração de investimentos estrangeiros diretos (IED) para o País, trabalhando na identificação de oportunidades de negócios e na promoção de eventos estratégicos e garantindo apoio ao investidor estrangeiro durante todo o processo no Brasil. Mais informações: www.apexbrasil.com.br

Tema: Promoção Comercial — Expansão Internacional
Mercado: América do Sul
Setor de Exportação: Máquinas e Equipamentos
Setor de Investimento: Não se aplica
Setor de serviços:

Exclusivo para usuários logados

Para acessar este conteúdo é necessário informar o tipo de Audiência

CNPJ inválido
Nome da empresa inválido
Erro: