Brasil levará mais de 50 empresas de móveis à Semana de Design de Milão

Brasil levará mais de 50 empresas de móveis à Semana de Design de Milão

Compartilhar
Copiar link

Compartilhar

Compartilhar esse link com
Copiar link
Link copiado!

Iniciativa da Agência Brasileira de Promoção de Exportações deve gerar US$ 3,5 milhões em negócios. Indústrias e designers brasileiros serão inseridos em circuito mundialmente valorizado

No mundo todo, a arte e o design brasileiros são valorizados por sua técnica, qualidade e sustentabilidade. No setor de móveis, não é diferente: o Brasil é o 6º maior produtor e 28º maior exportador do setor. Para fortalecer ainda mais o segmento e impulsionar suas vendas internacionais, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações vai levar mais de 50 empresas ao Fuorisalone, em Milão, na Itália, entre os dias 6 e 12 de junho.

O evento consiste em uma série de eventos que ocorrem em diferentes bairros e pontos turísticos na cidade mais cosmopolita da Itália e chamada por muitos de capital da moda e do design. Foi criado em 1998 para ser uma programação paralela ao Salão do Móvel, mas fora do salão, ocupando os espaços da cidade. O foco da ApexBrasil é levar as empresas para exporem algumas de suas peças selecionadas, com assinaturas de designers e altos padrões de sofisticação e sustentabilidade. 

A expectativa da Agência é que a missão gere US$ 3,5 milhões, nos 12 meses seguintes, em negócios para o setor moveleiro. O número é estimado com base nas edições anteriores em que promoveu a participação brasileira, como em 2019, em que, com a participação de 36 empresas, US$ 765 mil foram gerados durante o evento e US$ 2,7 milhões foram gerados nos 12 meses seguintes com base nos negócios realizados nos dias de programação.

Uma das ações da instituição é a organização da mostra Poesia do Cotidiano, do curador e crítico especializado Bruno Simões. Ao todo, foram selecionadas 52 peças desenhadas por designers autorais para 42 empresas nacionais. “A mostra apresenta o Brasil como um país rico em diversidade e riquezas não só naturais, mas também culturais, o que se reflete na qualidade de tudo o que fazemos, inclusive na indústria criativa. O Fuorisalone é uma ocasião ímpar para valorizar peças de móveis com alto valor agregado, exibir nossas tendências e técnicas, e, assim, diversificar a pauta exportadora da nossa balança comercial, fortalecer a imagem de nosso país e, claro, valorizar o trabalho autoral dos designers nacionais”, destaca o Diretor de Negócios da ApexBrasil, Lucas Fiuza. 

Peças autorais

A Corbelli Indústria de Móveis, que tem sede na cidade mineira de Ubá, será uma das participantes. Fundada em 1994, a empresa destacou-se por muitos anos com produção de móveis sob medida para banheiros e cozinhas, até que em 2020 os gestores elaboraram a estratégia de um novo posicionamento de marca, adentrando também na linha de peças autorais assinadas por designers. Como explica a diretora Vanessa Corbelli, essa é a primeira vez que participarão da Semana do Design de Milão e a peça escolhida foi cadeira Baru. 

“A peça faz referência à flora do cerrado brasileiro, com uma nova expressão. Sua estrutura contínua e longilínea, que vai do encosto até a base, se destaca pelo aspecto gráfico, uma alusão às arvores tortuosas do cerrado, numa forma de releitura. Estamos muitos animados com a oportunidade. Ainda não exportamos e acreditamos muito que o Fuorisalone dará início a um processo de abertura de vendas ao exterior, porque poderemos contatar futuros parceiros que irão nos abrir portas em diferentes locais”,  diz Vanessa. 

Brasilidade em exposição

A ação da ApexBrasil no FuoriSalone será realizada paralelamente às ações da ABIMÓVEL no ISaloni e no Design Brazil +Industry,  por meio do Projeto Brazilian Furniture, entre 6 e 12 de junho de 2022. 

Sob curadoria do escritório Moreira do Valle, o evento reunirá o resultado de um rico trabalho realizado entre 12 renomados designers brasileiros e 21 indústrias de móveis, que atuaram de forma conjunta no período da pandemia para o desenvolvimento de produtos e coleções assinadas, unindo o industrial e o feito à mão, acompanhando, para tal, as principais tendências mundiais e conectando-as à chamada “brasilidade”. 

Além disso, a associação organiza uma mostra dentro do Salão do Móvel, por meio do projeto setorial, Brazilan Furniture, com ênfase em sustentabilidade, que levará o título de “Projetar para o nosso futuro” e para qual todas as marcas foram convidadas a pensar nos estandes com critérios sustentáveis. Paralelamente à mostra no ISaloni, o projeto também promoverá o “Design Brazil +Industry”, onde serão apresentas peças transformadas e criadas pelo trabalho em conjunto das indústrias e designers participantes do programa “Design Integrado à Indústria”.

Vale ressaltar que, é a primeira vez que uma empresa brasileira (a Ornare) é selecionada para expor na EuroCucina. Focada em todas as novidades que envolvem as cozinhas, a exposição bienal da EuroCucina é uma das mais disputadas da Semana de Design de Milão e principal referência mundial do setor.

Indústria brasileira de móveis

Atualmente, há 18,5 mil empresas do setor de móveis no país, que produzem 431,6 milhões de peças e geram 273,3 mil empregos diretos e indiretos, e investimentos que ultrapassaram R$ 2,16 milhões no ano passado. O Brasil é o 6º maior produtor mundial de móveis. O país produz o equivalente a US$13,8 milhões. 

A indústria moveleira está presente em todas as regiões do País, mas com grande concentração no Sul e no Sudeste, com as empresas e os empregos estando distribuídos em 11 polos produtores localizados nestas regiões. Do total de peças produzidas, 3,9% são destinadas à exportação.

Em 2021, segundo o ComexStat, as exportações brasileiras de móveis e suas partes atingiram a cifra recorde de US$ 1,04 bilhão, representando 0,7% das exportações da indústria de transformação brasileira. O Brasil é atualmente o 28º maior exportador e o 56º maior importador, o que equivale a US$ 205 milhões. Os principais destinos são Estados Unidos (39,9%), Reino Unido (8,6%), Uruguai (7,4%) e Chile (6,6%). 

O foco na consolidação internacional do setor já vem sendo trabalhado pela ABIMÓVEL em parceria com a ApexBrasil no escopo do Projeto Brazilian Furniture. Atualmente, o projeto atende mais de 130 empresas com ações que envolvem estudos de mercado, informações de inteligência comercial e competitiva, projetos compradores em que as instituições viabilizam contato direto dos empresários com compradores internacionais e missões no exterior, como participação em eventos.  

Para mais informações sobre o Projeto Brazilian Furniture acesse: www.brazilianfurniture.org.br ou entre em contato pelos e-mails: executiva@abimovel.com e projeto@brazilianfurniture.org.br.

ApexBrasil

A Agência Brasileira de Promoção de Exportações e de Investimentos (ApexBrasil) atua para promover os produtos e serviços brasileiros no exterior e atrair investimentos estrangeiros para setores estratégicos, apoiando atualmente cerca de 15 mil empresas em 80 setores da economia brasileira. Também já atendeu mais de 1.300 investidores e mais de 118 projetos no valor de US$ 23 bilhões em investimentos anunciados no Brasil. 

O portfólio de serviços da agência vai desde a preparação de inteligência de dados de mercado para conectar o investidor a autoridades de alto nível, oferecendo soluções para diversos setores da economia. A Agência faz parte do Ministério das Relações Exteriores (MRE) do Brasil, por meio do qual conta com mais de 120 escritórios no mundo, e trabalha em estreita colaboração com outros ministérios, órgãos reguladores e entidades de classe.

Exclusivo para usuários logados

Para acessar este conteúdo é necessário informar o tipo de Audiência

CNPJ inválido
Nome da empresa inválido